sábado, 9 de junho de 2018

Minha carteira de RV e Multimercado - drama de estar tão exposto

Olá galera da blogosfera

Neste fim de semana resolvi fazer um balanço de meus ativos e de minhas exposições...

Mercado anda muito volátil e os ativos de RV (ações, fundo de ações e FIIs), além dos fundos multimercados estão numa gangorra louca...

E meu histórico de poucos anos atrás era de baixo risco, mas pensando no fato de estarmos saindo de uma recessão braba, fui paulatinamente me expondo mais e mais, tentando pegar a onda boa da bolsa brasileira que quando vista sob a ótica da dolarização está muito barata. No entanto, os mais recentes acontecimentos (juros americanos em alta e trapalhadas brasileiras) levaram a migração de dinheiro estrangeiro daqui para fora.

No último post fiz a pergunta que aqui repito : agora é a oportunidade de entradas interessantes?

Bem, tal resposta é muito difícil tendo em mente que as eleições estão completamente indefinidas, o futuro do país é incerto, no mundo existe um tal Trump, etc etc etc...

Fato que minha "gangorra" financeira só está em baixa, mas vou aguentando firme.

Percebi que estou hoje 40% exposto em RV + Multimercado, e portanto não vejo por ora mais espaço para aumentar tal exposição, pois do contrário me faria ter dificuldades de dormir a noite.

Abaixo exponho a carteira levantada que possuo nesta atual data.

Planilhei para controlar melhor os ativos, e gostaria de expor a carteira à avaliação e às críticas dos colegas, pois somente assim podemos crescer.

Primeiro vamos às ações e aos FIIs :

E agora os fundos de ação e os fundos multimercado que possuo :


16 comentários:

  1. Olá amigo GM,
    Penso que vc poderia se expor mais em fiis, cujo oscilam menos e propiciam um fluxo de caixa mensal.

    Grande abraço
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa linha a se pensar Bagual! Obrigado!!

      Excluir
  2. Guardião, não tenho a resposta e creio que ninguém a tenha, mesmo entre analistas as correntes ideológicas e opinativas são diversas.
    Tem os que estão esperando uma crise ainda pior, com dólar nas alturas e outros acreditando que a queda atual já é exagerada, visto que empresas consideradas boas também estão em baixa.
    O setor financeiro teve suas ações em constante quedas nos últimos dias. Banco do Brasil que já valeu mais de R$ 40, chegou a R$ 26, foda...
    Acho que a maioria das boas empresas tem tudo pra se recuperar, as eleições são apenas pretexto pra especulação, já que desde o começo do ano se fala nela.
    Espero que as ações melhores e no meu caso que o Banco do Brasil volte a se valorizar, pra que a crise financeira não leve parte do meu suado dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, BB é um ativo que muito me interessa, mas queria ele mais baixo para aquisição.

      Excluir
  3. Pior que essa resposta é santo grall do momento. Aumentar posição com todo tipo de incerteza pela frente, mas com uma queda forte que tivemos no curto prazo, ou esperar passar a turbulência para continuar com os planos. Acredito quem for corajoso agora só terá dois caminhos, decepção ou felicidade.

    Decepção de ver o valor de mercado dos ativos derreter mais ainda, afinal vinhemos de fortes altas. E felicidade, pois o mercado é esquizofrênico, e daqui a 5 anos, quem teve coragem e comprou ao som dos trovoes vai rir a toa.

    Grande parte de meus ativos estão com preço inferior ao meu preco médio. Duro nao ter liquidez para aumentar posição em boas empresas.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rato, é dificil mesmo o momento. Mas mantenhamos nosso foco em aumentar os ativos... Os preços hão de se valorizar nas empresas boas!

      Excluir
  4. Gostei da sua carteira, tirando Petro que infelizmente não suportou 2 anos de gestao profissional e volta a sofrer com interferencia politica querendo transforma-la em reparticao pública...
    Tembém evitaria Cielo, tá sofrendo muito com a concorrencia...
    Se fosse pra me expor a algo com "risco politico", estatal, iria de BB, é banco, mais resiliente.
    Apesar de todos os pesares, as empresas estão sendo mais lucrativas, com a queda de juros e a retomada da economia, embora lenta.As cotacoes estão distorcidas, na minha opiniao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo bom potencial para PETRO, embora esteja tremendo nas bases de Ciro ou outro do naipe pegar o poder.
      BB me interessa, to de olho!

      Excluir
  5. Eu reduziria exposição em MFII..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso em não aumentar mais por ora, mas não em diminuir

      Excluir
  6. Também tenho fundos no Safra! So tenho em comum com o seu portfolio o Faraday, em breve vou mudar minha lista de fundos multimercados no banco.
    No mais agora é aguardar este mês de Junho e ver os resultados!! Aqui nos Estates meus mutual funds recuperaram de valor, o que ajudou a carteira ficar positiva no fim de Maio!

    ResponderExcluir
  7. Teu melhor ativo é a Cielo seguida de itsa e eztec
    Penso ser bom momento sim, vide ugpa e ciel... mto descontadas
    Algumas empresas não gosto... foque nas boas para manter os aportes
    N se preocupe c quedas só tem impacto se vender...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CIELO???? rsrsrs

      Excluir
    2. Anon 00:54 não é bem assim não.

      Se uma ação cai muito pode demorar muita para que ela recupere seu valor, quem ficou com o prejuízo pode não ter disponibilidade de se manter o dinheiro investido até reuperá-lo.
      Fora que imprevistos podem ocorrer e a pessoa pode precisar desse dinheiro.

      O setor bancário está perdendo muito valor. O Banco do Brasil que estava em mais de 40 reais, já está a 25. Olha o tamanho da queda.

      Excluir
  8. Pessoal, como funciona essa taxa da B3 para quem tem mais de 300mil em renda variável? É no total? Por corretora? Quando é cobrada?

    ResponderExcluir
  9. rpz, acho que tem fundos melhores que os do safra. Adam strategy, spx nimitz, kapitallo kappa.
    acho que a renda fixa se encontra num bom momento de entrada agora. Tem cdb pagando 14~15~~16% pra 6 a 7 anos. dobrar o capital a cada 5 anos em média (ja descontado imposto).
    eu tambem tenho um capital razoavel (2 milhoes e pouco) e percebi que tambem tava exposto demais em renda variavel e fundos. Acho que podemos nos expor menos já que a necessidade de rendimentos absurdos não é tão necessária assim. Mantendo aportes regulares (eu aporto cerca de 30~35 por mes) e com o tempo a nosso favor, não precisamos de tanta exposição em RV assim.

    ResponderExcluir